Home
Última Edição
Edições Anteriores
Edição no173
08/05/2007

Ver E-mail
Em Destaque
Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão em evento da CCBC
Associados
Boyden lança Pesquisa de Remuneração Executiva Brasil 2007
Tozzini, Freire Advogados entre os 100 melhores do mundo
VW vai plantar 140 mil árvores em parceria com SOS Mata Atlântica
Ações socioambientais celebram Dia Internacional da Terra no Sofitel
Negócios
Canadense Magna disputa a Chrysler e tem planos para o Brasil
Notícias do Canadá
Quatro documentários participaram da mostra "made in Brazil" no Canadá
Novos Sócios
Novos Sócios

Canadense Magna disputa a Chrysler e tem planos para o Brasil
A fabricante de autopeças canadense Magna é um dos quatro concorrentes à compra da Chrysler. A Magna é pouco conhecida no Brasil, mas já possui aqui uma fábrica em Vinhedo (SP), onde produz sistemas de levantadores de vidros e fechaduras para carros.
Com 300 funcionários no País, a operação é pequena diante da sua condição de terceira maior fabricante de autopeças do mundo, com faturamento anual de US$ 24 bilhões e 85 mil funcionários.
Nos Estados Unidos, a empresa canadense tem 50 operações e fabrica uma das mais variadas linhas de produtos automotivos do mundo, incluindo módulos de painel, acabamento de interiores, sistemas de transmissão e de combustível.
Caso vença a concorrência, a Magna tem um plano de expansão da atividade da montadora americana, que inclui o Brasil, onde pretende produzir um carro popular, embora os modelos de baixo custo não façam parte do portfólio da marca americana no modelo atual de negócios.
A Magna é presidida há três anos por Mark Hogan, que já foi presidente da General Motors no Brasil. Ele foi responsável pelo lançamento do Celta, um modelo desconhecido dos americanos e totalmente feito para o mercado brasileiro e similares.
A Chrysler só tem fábricas nos Estados Unidos e Canadá e a ampliação industrial fora da América do Norte seria praticamente inédita, uma vez que a última tentativa de uma unidade fora da América do Norte ocorreu sem sucesso no Brasil. A Magna também planeja expandir as atividades da Chrysler na Europa e China e sustenta que, com sua vitória na concorrência a empresa continuaria sendo fabricante de veículos, o que pode não acontecer, no caso dos fundos de investimentos serem os escolhidos.

Topo

 
 
  Rua do Rócio, 220 - 12º andar - cj. 121 - São Paulo - SP - Brasil - tel. +55 (11) 4058-0400  
Câmara de Comércio Brasil Canadá - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução do conteúdo sem autorização