CAM / CCBC

Login para acesso restrito

conteúdo exclusivo p/ associados
PT    |    EN    |    FR

45 Anos: Engajamento, iniciativa e interação

Uma jornada marcada pelo engajamento de seus membros e pelas iniciativas visionárias de seu corpo diretivo, construindo uma forte interação entre Canadá e Brasil em 45 anos de história. “A CCBC é, neste momento, a protagonista da experiência adquirida nas relações entre os dois países – comerciais, tecnológicas, sociais e culturais – que queremos levar para a sociedade”, resume o presidente Paulo Perrotti.

A iniciativa de lançar um projeto institucional privado e independente, como a Câmara, nos idos anos 1970, com a ousadia e determinação de empresários buscando incrementar as relações entre o Canadá e o Brasil, surgiu do mesmo espírito empreendedor que hoje reúne startups, produtoras, aceleradoras, fintechs em busca da experiência canadense para inovar e expandir seus negócios. O pioneirismo da Câmara se replica agora, aos 45 anos.

“A evolução da Câmara desde os últimos cinco anos vem acontecendo de forma exponencial”, define Perrotti. No ritmo ditado pela inovação, a CCBC lança propostas que representam a experiência de cada país 360o – além do inconteste relacionamento comercial. “A Diversidade, a Educação, a Cultura, a Gastronomia, as Artes vêm-se somar nesse processo”, narra o Presidente da CCBC, exemplificando com ações como exposição fotográfica, semana gastronômica, atividades artísticas e culturais inseridas na programação da Câmara, organizadas pelas comissões e membros.

Um corpo diretivo formado por voluntários, da Presidência às sete Comissões temáticas, uma instituição com parcerias que promovem a integração bilateral, como as que possui com consulados e embaixada canadenses, uma sede arrojada em instalações e recursos, um time com cerca de 50 funcionários – a CCBC exibe sua capacidade no vigor dos 45.

“É graças ao engajamento de todos os seus membros que a Câmara chegou onde está”, destaca a ex-presidente da Câmara e coordenadora da Comissão de Diversidade, advogada Esther Nunes. Na Presidência, Esther iniciou a mudança exigida, em seu primeiro mandato – de 2013 a 2015 – e manteve a trajetória na reeleição para mais um período. “O apoio do Conselho e seus membros foi fundamental para estabelecer o plano de mudança”, relembra. Foram definidos missão e valores, contratados profissionais do mercado, iniciadas Missões setoriais e expandida a atuação da Câmara pelo Brasil, envolvendo mais capitais e municípios, quando também foi criada uma forte e ativa representação da Câmara no Rio de Janeiro.

Ações de incentivo à participação de associados levaram ao surgimento de novas comissões de trabalho. “Buscamos trazer tópicos de interesse do associado e do público, porque acreditamos na importância das comissões para a entidade”, afirma a advogada.

O Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil Canadá foi criado seis anos após a fundação da Câmara. O CAM contribuiu para o crescimento da Câmara e o seu reconhecimento no Brasil e no Exterior, à medida em que a regulamentação da Arbitragem no Brasil foi-se alinhando com as práticas internacionais. O Centro hoje está entre os expoentes da Arbitragem mundial e é o mais importante da América do Sul.

O crescimento e o sucesso atingido pelas atividades de arbitragem e mediação permitiram à Câmara projetar um futuro de êxito nos desafios a enfrentar para permanecer sempre pioneira e prestar serviços de excelência para a comunidade. Caminho que prossegue com as novas propostas trazidas pelo presidente Paulo Perrotti eleito em 2017.



A republicação e divulgação de conteúdos públicos são permitidas, desde que citados fonte, título e autor. No caso dos conteúdos restritos, não é permitida a utilização sem autorização do responsável. É totalmente livre a citação da URL do Portal (http//www.ccbc.org.br) em sítios e páginas de terceiros.
© 2014 / 2017 - CCBC - Todos os direitos reservados.
by Tendenza Tecnologia